TJ anuncia concurso com salários de R$3 mil

As inscrições ficarão abertas no período de 19 de abril à 14 de maio, e as provas estão previstas para serem realizadas no dia 27 de junho

O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Raimundo Nonato Alencar, anunciou ontem que o órgão irá realizar um concurso público para o preenchimento de 70 vagas nos cargos de assessor jurídico de gabinete de Juiz de Entrância Final e para analista judiciário, na área de assistente social. Até o final do ano, o órgão pretende realizar ainda um concurso público para a contratação de 10 juizes que deverão atuar nas comarcas do interior do Estado.

O concurso será realizado pela Fundação Carlos Chagas. As inscrições ficarão abertas no período de 19 de abril à 14 de maio, e as provas estão previstas para serem realizadas no dia 27 de junho. Os salários chegam à R$ 3.071,02. De acordo com o presidente do TJ, a determinação é para que a contratação seja imediata. ?Queremos contratação imediata, que deverá acontecer no início do segundo semestre?, adiantou.

Segundo Raimundo Nonato Alencar, há carências desse quadro funcional e o órgão está buscando sanar essas dificuldades até mesmo para cumprir as exigências do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). ?Os juízes de primeiro grau trabalham sem assessoria, o que acaba atrasando os julgamentos dos processos. Por isso, pretendemos suprir essa carência com a contratação desses profissionais que deverão desenvolver melhor suas atividades?, explica.

Ainda no ano passado, o Tribunal de Justiça do Piauí realizou concurso público para contratação de psicólogos, analistas de sistema, técnicos em informática e arquivologista. Alguns dos profissionais já foram convocados para assumir suas funções. Segundo o desembargador Raimundo Alencar, a idéia é ir substituindo gradativamente os funcionários terceirizados por concursados. (M.M)

Fonte: Mayara Martins