TJ-PI libera candidatura a mais um político na lista dos fichas limpa

TJ-PI libera candidatura a mais um político na lista dos fichas limpa

Outra decisão judicial no Piauí retirou mais um político da relação de impedidos de disputar o pleito deste ano.

Depois da Justiça estadual tirar o nome de Ednei Modesto Amorim da lista de fichas sujas após uma condenação do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI), quando o ex-gestor ocupava o cargo de Secretário Executivo da Comissão Estadual de Defesa Civil, outra decisão judicial no Piauí retirou mais um político da relação de impedidos de disputar o pleito deste ano.

O desembargador Luiz Gonzaga Brandão, do Tribunal de Justiça do Piauí, determinou a suspensão dos efeitos da decisão da Câmara de Piripiri que havia julgado irregulares, em maio do ano passado, as contas do ex-prefeito do município, deputado estadual Odival Andrade (PSB), referentes ao exercício de 2006.

Odival afirma que a reprovação na Câmara teria ocorrido por motivos políticos e que todas as suas contas foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado. O desembargador Brandão determinou ainda ao TCE-PI que não inclua o nome do ex-prefeito na lista de gestores que tiveram contas rejeitadas.

O juiz da Comarca de Piripiri havia negado o pedido liminar interposto pelo ex-prefeito pedindo a anulação da decisão da Câmara Municipal. Odival ingressou com recurso junto ao TJ-PI, que concedeu, no último dia 13, a tutela antecipada e determinou a anulação da decisão da Câmara, por entender que as contas do ex-prefeito não possuem irregularidade.

"Sempre fui um político e cidadão honesto, responsável e não tenho nenhuma condenação no TCU, TCE, TRE, TJ-PI nem na Comarca de Piripiri. Minha consciência sempre esteve tranquila, na certeza de que eu sou e sempre serei um político ficha limpa", destacou o deputado, que vai concorrer este ano às eleições municipais em Piripiri para o cargo de prefeito.

Fonte: Savia Barreto