Transportes exonera 22º servidor desde o início das denúncias

A crise no Ministério dos Transportes

O ministério dos Transportes exonerou, nesta segunda-feira, mais uma funcionária. Conforme publicado no Diário Oficial da União, Maria de Fátima Gurgel Faria deixou, por iniciativa própria, o cargo de assistente técnica do Departamento de Desenvolvimento e Logística, da Secretaria de Gestão dos Programas de Transportes da pasta.

A determinação foi assinada pelo secretário-executivo do ministério, Miguel Mário Bianco Masella. Junto com a decisão, foi publicada a nomeação de Tereza Sena Lemos para o cargo de Maria de Fátima.

Na mesma publicação, o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, exonerou o coordenador de Segurança e Engenharia de Trânsito da Diretoria de Infraestrutura Rodoviária do Departamento Nacional de Infraestrutura dos Transportes (Dnit), Marcelino Augusto Santos Rosa. Ele havia pedido exoneração do cargo na quinta-feira da semana passada, de acordo com a assessoria do Dnit.

Com as duas baixas, o número de servidores demitidos ou afastados do Ministério dos Transportes desde o início das denúncias de fraudes, no mês passado, chega a 22.

Fonte: Terra, www.terra.com.br