TRE determina afastaento de Manin Rego. Novas eleições serão realizadas

O presiente da Câmara de Vereadores assume e em 40 dias, uma nova eleição deverá ser realizada no município.

Na tarde de ontem, o desembargador Raimundo Eufrásio, presidente do Tribunal Regional Eleitoral(TRE), decidiu afastar do cargo o prefeito de Barras, Manin Rego, e o vice-prefeito Manoel Almeida. A determi-

nação da Corte é a posse do presidente da Câmara de Vereadores, Francisco Marques (PMDB). Em 40 dias, uma nova eleição deverá ser realizada no município.

O presidente do TRE negou a liminar interposta pelo advogado do prefeito. Manin Rego foi acusado de abuso de poder político e econômico. A ação foi movida pelo segundo colocado nas eleições de 2008, Joaquim Lucas (PTB), que denunciou que o prefeito distribuiu telhas e gasolina para o abastecimento de motos durante o período eleitoral. A denúncia foi formalizada por meio de vídeos em que partidários do gestor aparecem pagando combustível para os eleitores.

As especulações são deque pelo menos três partidos irão apresentar candidatos para a nova eleição que

deverá ser realizada no município: PMDB (que apresentará o nome do presidente da Câmara, Francisco Marques), PT (com o nome do ?Manoel do PT?) e PTB, com o nome de Joaquim Lucas ou Juarez Rocha. Manin Rego também recorreu da decisão através do Tribunal Superior Eleitoral. A reportagem do Jornal Meio Norte tentou contato com o prefeito, mas, até o fechamento da edição, não conseguiu falar com o

gestor. (M.M)

<

Fonte: Mayara Martins