TRE do Piauí julga três prefeitos esta semana por irregularidades

Há três casos de irregularidades que devem ser votadas esta semana no TRE.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) julga nesta segunda-feira uma representação em que o prefeito

do município de Lagoa do Sítio, José de Arimateas Rabelo, pode perder o cargo. Ele é acusado de compra de votos nas eleições de 2008. Vanessa Helena Amorim Neves, candidata a prefeita no pleito passado, é a autora da ação. O juiz Manoel de Sousa Dourado é o relator do caso.



Também será apreciado um recurso contra expedição de diploma do prefeito da cidade de Júlio Borges, Raimundo Ribeiro de Carvalho. As contas municipais foram rejeitadas por um órgão de fiscalização e o prefeito também é acusado de abuso de poder econômico e fraude. A coligação ?Unidos com a Força do Povo? (PMDB/PSDB/PT/PTB), que teve como candidato a prefeito em 2008, Manoel Ferreira Camelo, é a autora da ação.

Já na terça-feira será julgada uma representação em que o prefeito de São Francisco de Assis do Piauí,

Laersol Lourival de Andrade, eleito no pleito suplementar realizado em 2010, é acusado de compra de votos. É pedida perda de mandato, inelegibilidade e aplicação de multa. Eliésio Elísio dos Reis, ex candidato a prefeito, foi o autor do processo, que terá como relator o juiz Jorge da Costa Veloso.

Uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral também será apreciada pela Corte Eleitoral, e pode resultar na inelegibilidade do candidato a prefeito de São João da Canabrava nas eleições de 2008, Pedro Isidoro

Neto. Ele é acusado de abuso de poder econômico e político, compra de votos e conduta vedada. O juiz José Acélio Correia é o relator do processo.

Fonte: Savia Barreto