TRE marca diplomação dos eleitos no Piauí para o dia 17 de Dezembro

TRE marca diplomação dos eleitos no Piauí para o dia 17 de Dezembro

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcou para as 18h30 do dia 17, quarta-feira, a diplomação dos candidatos eleitos em outubro para o Governo do Estado, Senado, Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa para mandato de quatro anos. A solenidade será realizada no auditório do Tribunal de Justiça do Piauí. É a última etapa para a posse dos eleitos, que ocorrerá no dia 1º de janeiro. Antes, os servidores de todos os 27 Tribunais Regionais Eleitoral se reuniram no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para participar da Avaliação das Eleições 2014.

A reunião tinha como objetivo compartilhar as experiências da Justiça Eleitoral na preparação e realização das Eleições 2014 e propor melhorias para o próximo processo eleitoral, em 2016. Do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), participaram da Avaliação das Eleições 2014, a Diretora Geral, Silvani Maia, o Secretário de Tecnologia da Informação, Anderson Lima, a Assessora de Planejamento, Joana Lima, o Coordenador de Pessoal Lívio Rogério, e Chefe da Seção de Jurisprudência, José Siqueira Filho. Realizado desde 2002, sob a coordenação da Diretoria-Geral e da Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) do TSE, o evento está em sua sétima edição.

Durante o encontro, os participantes se dividiram em oito grupos temáticos para avaliar as eleições 2014 sob os seguintes aspectos: aquisições e contratações, comunicação institucional, identificação do eleitor, gestão de pessoas, gestão institucional e gestão de tecnologia da informação – este último subdividido em infraestrutura computacional eleitoral, sistemas e urna eletrônica. Os resultados das discussões em cada grupo foram apresentados para todos os participantes, para nivelar as informações e traçar estratégias de aperfeiçoamento a serem implementadas no futuro.

A diretora-geral do TSE, Leda Bandeira ,abriu o evento agradecendo, em nome do ministro Dias Toffoli, o empenho de toda a Justiça Eleitoral para o sucesso das Eleições 2014. Segundo ela, a avaliação é tão relevante quanto todos os preparativos para a realização das eleições, porque é por meio dela que pontos positivos do processo são reconhecidos e eventuais ocorrências negativas identificadas e analisadas, para que não se repitam.

Curta o Portal Meio Norte nas redes sociais

 

Fonte: Efrém Ribeiro - Jornal Meio Norte