TRE-PI cassa prefeito de Santa Cruz do Piauí

O prefeito irá recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) decidiu ontem cassar o mandato do prefeito do município de Santa Cruz do Piauí, Jurandir Martins dos Santos (PTB). Ele é acusado de abuso de poder econômico e conduta vedada e, além de perder o cargo, também teve os direitos políticos cassados por oito anos. A Corte determinou que a segunda colocada no pleito de 2008, Jandira Nunes Martins (PSB), tome posse no lugar de Jurandir.

O relator do caso foi o desembargador Haroldo Rehem. O prefeito irá recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No parecer do MPE-PI, que pedia a cassação, o prefeito era acusado de ter distribuído mil cestas básicas na cidade que possui menos de 6 mil habitantes. Jurandir já havia sido jugado e absolvido no primeiro julgamento.

A Corte manteve ontem a decisão. Já o julgamento da prefeita Ana Márcia Leal da Costa Sousa, e do vice-prefeito, Alberto Ribeiro Soares, do município de Angical foi adiado. Eles são acusados de abuso do poder econômico e captação ilícita de sufrágio. O TRE-PI também autorizou uma nova mudança de personagens na campanha piauiense para o pleito deste ano. Carlos Henrique Nery (PT), ex-candidato a deputado federal, foi substituído por Marcelo Vaz da Costa e Castro, (PMDB) na chapa ?Para o Piauí Seguir Mudando?.

Nery teve o registro de candidatura impugnado por ter apresentando contas como gestor público reprovadas pelo Tribunal de Cotas do Estado (TCE-PI) com irregularidades insanáveis. O candidato seria julgado com base na aplicação da Lei Ficha Limpa mas apresentou requerimento de desistência da candidatura. Outro nome que deve ficar de fora da disputa em outubro é o de Cleoplínio Dias da Silva, do PV, que teve o registro indeferido e recorreu da decisão. A reprovação na prestação de contas do candidato também motivou o indeferimento do registro na semana passada.

VÍDEO- Uma entrevista com o candidato a vice na chapa do governador Wilson Martins (PSB), o deputado estadual Moraes Sousa Filho (PMDB), criticando o PT deverá ser retirada do site do candidato do PSDB ao Governo estadual, o ex-prefeito Sílvio Mendes. Durante o julgamento que manteve a decisão anterior do TRE-PI, o vídeo de Zé Filho foi exibido no plenário. O PSDB recorreu da decisão que havia sido tomada pela Corte.(S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte