TRE defere candidatura de Romualdo Brazil

. A Corte eleitoral reavaliou o caso de Romualdo e deferiu ontem a sua candidatura.

Após se amordaçar em frente ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) para protestar sobre o indeferimento de sua candidatura, o candidato do PSOL ao Governo estadual, Romualdo Brazil, poderá se dedicar à corrida rumo ao Palácio de Karnak. A Corte eleitoral reavaliou o caso de Romualdo e deferiu ontem a sua candidatura. ?Estamos satisfeitos. Agora iremos focar na nossa candidatura, o Piauí não pode ter uma eleição sem esquerda"?, avalia Brazil, que havia criticado anteriormente a conduta do TRE-PI, afirmando que estavam tentando ?calar? sua voz.

Além do registro de Romualdo, o Tribunal havia indeferido também o de todos os candidatos da sigla, alegando que a Declaração de Regularidade dos Atos Partidários estava irregular. O candidato do PTB à reeleição na Assembléia Legislativa, Paulo César Vilarinho, e o ex-prefeito de Cocal, José Maria Monção, por outro lado, tiveram as candidaturas indeferidas.

Os dois candidatos ainda podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que julga até o próximo dia 19 os recursos dos candidatos que tiveram os registros cancelados nas Cortes regionais. Segundo o entendimento do TRE, Vilarinho teria a prestação de contas julgada irregular pelo Tribunal de Contas no período em que era prefeito de Palmeiras. Francisco Jorge Lopes, que busca uma vaga de deputado estadual, teve o registro deferido.

Lourdes Melo (PCB) e o Pastor Macêdo (PMN), que concorrem ao Governo estadual, também estão com suas candidaturas ameaçadas. Eles tiveram os registros indeferidos no TRE-PI e devem recorrer agora ao TSE. O Tribunal retomou ontem a apreciação das últimas 12 ações de impugnação de candidaturas. Dos 415 indeferimentos propostos pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e pelos partidos e candidatos piauienses, o TRE-PI decidiu interromper 81 candidaturas. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte