TRE-PI garante votação sem demora no segundo turno das eleições 2014

TRE-PI garante votação sem demora no segundo turno das eleições 2014

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral, além de substituição de urnas e de leitores biométricos, os mesários também foram novamente treinados para evitar os inúmeros erros que foram cometidos

A chefia do setor de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral garantiu que as filas e demora registradas durante o primeiro turno das Eleições 2014 não devem ser registradas no próximo domingo (26), quando acontecerá o segundo turno do pleito. Os problemas com as urnas, segundo o TRE, foram detectados e solucionados, para que a votação aconteça de forma mais rápida. Em Teresina, 38 urnas foram substituídas.

No primeiro turno, uma quantidade significativa de eleitores de Teresina tiveram que votar depois das 17h, prazo que encerra a votação. Além do fato de os eleitores terem que escolher uma lista longa de representantes, tendo presidente, governador, deputado federal e estadual, que já é responsável por uma demora maior, houve ainda outros problemas como aqueles registrados com a biometria e ainda a falta de experiência dos mesários.
“Além de substituir as urnas que tiveram problema, no primeiro turno, nós também fabricamos encartes para os mesários, pois percebemos que eles demonstraram falta de experiência com esse novo método adotado.

Eles também receberão novas orientações”, disse O secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), Anderson Lima.

Até amanhã, todas as urnas já estarão prontas para as eleições de domingo. O chefe da 63ª Zona Eleitoral, Henrique Conde, afirmou que na sua zona, seis das 284 urnas apresentaram problema, mas elas já foram substituídas. “O eleitor que teve problema no primeiro turno, não necessariamente terá novamente no segundo turno, pois as urnas foram trocadas”, disse.

Aqueles eleitores que tiveram problema no reconhecimento da digital, no processo de biometria durante a votação, poderá se dirigir normalmente à sua seção, no domingo e voltar normalmente. Caso ele não consiga novamente, ele deverá procurar o seu cartório eleitoral para rever seu cadastro biométrico, a partir de 16 de novembro. “Se a pessoa não tiver problema algum no segundo turno, ela não precisa procurar o cartório, mas se ela não conseguir novamente, aí sim, ela vai até lá, informa o ocorrido e se for verificado algum problema com o seu cadastro, será coletado suas digitais novamente, para que o problema seja solucionado”, disse Anderson.

TRE recomenda postos de justificativas

Alguns chefes de zonas eleitorais perceberam que a justificativa, daqueles que estão fora de seu domicílio eleitoral, contribuiu para as longas filas durante a votação do primeiro turno. Por causa disso, apesar de o eleitor poder realizar a justificativa em todas as seções, eles aconselham que os eleitores procurem os postos voltados exclusivamente para isso.

“Na minha seção teve a mesma quantidade de justificativas que o posto, de uso exclusivo para isso, que fica lá perto.

É interessante que as pessoas deixem as seções para votação e optem por justificar seu voto nestes locais”, alertou Henrique.

Teresina possui sete postos, localizados no Teresina Shopping, no Aeroporto de Teresina Ministro Petrônio Portella, na Rodoviária, no Centro Social Social Urbano, do Parque Piauí, na Escola Municipal Angelim, posto da Polícia Rodoviária Federal, na BR-316, na saída para Demerval Lobão e na Escola Municipal Francisco Alves de Carvalho, no centro de Nazária.

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no Facebook

 

Fonte: Pollyana Carvalho