TRE volta a julgar dois prefeitos no Piauí

O Tribunal também julga o pedido da 95º Zona Eleitoral de forças federais no pleito suplementar

Os processos que pedem a cassação dos mandatos de 37 prefeitos piauienses voltam a ser julgados pelo Tribunal Regional Eleitoral a partir da próxima segunda-feira, 23. A Corte colocou em pauta os casos do prefeito do município de Santa Cruz do Piauí, Jurandir Martins, e seu vice, Santino Xavier, e de Angical do Piauí, Ana Márcia Leal, e do vice, Alberto Ribeiro Leal.

O Tribunal também julga o pedido da 95º Zona Eleitoral de forças federais no pleito suplementar de Anísio de Abreu, marcado para o dia 5 de setembro. O prefeito cassado, Auricélio Ribeiro, foi considerado inelegível pela Justiça Eleitoral por ter sua prestação de contas rejeitada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em razão de irregularidades insanáveis.

Outra representação que será julgada pelos magistrados piauienses é o pedido de cassação do tempo destinado ao programa do Democratas. De acordo com o procurador regional eleitoral, Marco Aurélio Adão, houve um ?desvirtuamento? da propaganda veiculada pela sigla. O desembargador Haroldo Rehem é o relator do caso.

Ana Márcia Leal é acusada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE-PI) na 84º zona de compra de votos, abuso de poder econômico e político, corrupção eleitoral e conduta vedada. Já Jurandir Martins, responde à acusação de ter praticado abuso de poder econômico, político, de autoridade e compra de voto nas eleições municipais de 2008. O promotor eleitoral da 66º zona foi o autor da ação. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte