Troca de urnas na capital paulista é maior do que no 1º turno

O número de urnas que tiveram de ser substituídas na cidade de São Paulo já atingiu 17

O número de urnas que tiveram de ser substituídas na cidade de São Paulo já atingiu 17, o que representa 0,07% do total de 23.779 urnas de 58 zonas eleitorais distribuídas em l.962 locais de votação. O balanço divulgado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) mostra que houve um pequeno aumento em relação ao primeiro turno, no mesmo período, já que na disputa anterior as trocas tinham alcançado 0,05% em 12 urnas.

No interior foram substituídas cinco de um total de 12.434 urnas (0,04%) ante a troca de 21 de um total de 62.693 urnas(0,03%), no primeiro turno. Levando em conta o movimento de todo o Estado, as substituições somam 22 de um total 36.213 urnas(0,06%) ante 33 de um total de 86.472 urnas (0,04%), no primeiro turno.

Mais cedo, o TRE confirmou que uma urna eletrônica, que seria usada na votação, foi furtada entre a noite passada e a manhã deste domingo, na Escola Estadual Professor Francisco de Assis Pires Corrêa, no bairro Conjunto José Bonifácio, em Itaquera, zona leste da capital paulista.

O furto foi percebido no início da manhã pelos auxiliares da escola. Eles mesmos providenciaram a substituição, às 8h20. O incidente não causou filas no local para a votação. A urna furtada perdeu a identificação no sistema, impossibilitando fraudes. O cartório eleitoral registrou boletim de ocorrência.

Fonte: Terra, www.terra.com.br