TSE dá ao PT direito de resposta contra PSDB

Indio da Costa afirmou, em entrevista, que o PT tem ligações com o narcotráfico

O Ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Henrique Neves concedeu, nesta quinta feira (22), direito de resposta ao PT pelas declarações do candidato à vice presidente na chapa do PSDB, Indio da Costa, que acusou o partido de envolvimento com as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) e com o narcotráfico. A resposta será publicada no mesmo site do PSDB em que foram divulgadas as acusações e deverá ficar no ar por dez dias.

Neves entendeu que a afirmação de que o PT está ligado ?ao que há de pior? é ?suficiente para a caracterização da ofensa e o deferimento do direito de resposta? . Ele lembrou também que, em 2002, o PSDB já havia relacionado o PT ao narcotráfico e o TSE concedeu direito de resposta.

Entretanto, o ministro censurou trechos da resposta elaborada pelo PT, por considerar que ?extrapola os limites do permitido?, ao fazer ofensas ao PSDB e propaganda eleitoral em favor de Dilma Rousseff.

No início da semana, ao ser comunicado sobre as ações do partido adversário, o presidente tucano e coordenador de campanha de Serra, Sérgio Guerra, saiu em defesa de Indio. Para o senador, não houve crime e a relação do PT com as Farc é de "conhecimento público".

A ação do PT também não intimidou Indio da Costa. Nesta quarta-feira (21), em corpo a corpo ao lado do candidato à Presidência na sua chapa, José Serra, Costa reafirmou as acusações e desafiou a candidata à Presidência petista, Dilma Rousseff, a provar o contrário.

Fonte: R7, www.r7.com