TSE esclarece dúvidas sobre urna eletrônica

Justiça eleitoral esclarece dúvidas e divulga novo dispositivo de segurança

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) lançou esta semana um site para tirar dúvidas sobre a urna eletrônica. A novidade para este ano é a leitura biométrica, quando os eleitores são identificados pela impressão digital. A medida deverá aumentar a segurança no processo de votação, mas ainda não atinge nem 1% dos eleitores.

Para as eleições de 2010, cerca de um milhão de pessoas de 60 municípios participaram do recadastramento para identificação biométrica. No dia da votação, os eleitores passarão por reconhecimento de impressão digital após mostrar a carteira de identidade ou outro documento.

Se mesmo assim o mesário tiver dúvidas com relação à identidade do eleitor, ou se a sua digital não for reconhecida, ele poderá consultar a folha de votação com as fotos de todos os cadastrados na seção.

A expectativa do TSE é que em oito anos todo o país tenha urnas com leitores biométricos. A nova tecnologia já foi utilizada em 2008 e será usada em cidades de 23 Estados em outubro. A urna com o leitor foi testada nos municípios de Colorado do Oeste (RO), Fátima do Sul (MS) e São João Batista (SC).

O site do TSE também conta a história da urna eletrônica, mostra como o equipamento funciona e traz dados sobre a segurança do sistema.

Segurança

Em novembro do ano passado, o TSE submeteu diversas urnas a teste de segurança pública. O tribunal abriu seu sistema e convidou aqueles que quisessem tentar quebrar os dispositivos de segurança da máquina. Alguns hackers aceitaram o desafio, mas nenhum conseguiu burlar o programa.

O secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, considera o teste de segurança uma vitória da Justiça Eleitoral.

- Hoje nós podemos afirmar que temos certamente uma das melhores soluções automatizadas em votação eletrônica no mundo. Tanto é que colocamos à prova nosso sistema eleitoral no ano passado para um teste de segurança pública. Isso é uma coisa inédita no mundo.

Ao longo dos anos, a urna eletrônica ? utilizada em eleições pela primeira vez em 1996 ? ganhou em segurança com a implantação de cartões de memória, dispositivos de gravação digital e a mais recente introdução de leitura biométrica.

- Temos mecanismos que permitem auditorias e acompanhamento por parte dos interessados no processo eleitoral brasileiro.

Resultado

O TSE espera que os nomes do novo presidente e governadores sejam divulgados depois de duas a três horas do início da apuração. A contagem dos votos de 134 milhões de eleitores começa às 19h de Brasília.

Fonte: R7, www.r7.com