TSE libera registro e Paulo Maluf poderá assumir mandato

TSE libera registro e Paulo Maluf poderá assumir mandato

Barrado pela ficha limpa, Maluf foi reeleito com quase 500 mil votos

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Marco Aurélio Mello liberou nesta terça-feira (14) o registro de candidatura do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP). Mesmo barrado pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), com base na Lei da Ficha Limpa, ele foi reeleito com quase 500 mil votos. Cabe recurso ao plenário do tribunal.

Maluf teve o registro de candidato negado a pedido do Ministério Público por causa de uma condenação, de abril deste ano, por improbidade administrativa. Ele foi acusado por uma suposta compra superfaturada de frangos para a Prefeitura de São Paulo, em 1996, quando era prefeito.

Ele recorreu e, na última segunda-feira (13) o Tribunal de Justiça de São Paulo o inocentou da acusação. Com isso Maluf pode ser diplomado e assumir seu mandato na Câmara dos Deputados.

"As idas e vindas no campo eleitoral geram sempre perplexidade. No entanto, o que incumbe perceber é que o motivo do indeferimento do registro já não subsiste, ante a decisão prolatada pela Sétima Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo", afirmou o ministro relator do caso, Marco Aurélio Mello.

Na segunda, após a decisão do TJ-SP, Maluf comentou a decisão. ?Sempre confiei na Justiça?, disse o deputado ao deixar o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição da presidente eleita, Dilma Rousseff. Ele havia se reunido com o vice-presidente eleito e presidente do PMDB, Michel Temer (SP).

Fonte: g1, www.g1.com.br