TV Meio Norte realiza hoje, às 20:10 horas, debate do segundo turno

O debate será mediado pelo apresentador Silas Freire e terá participação de jornalistas e população

O Sistema Meio Norte de Comunicação realiza quinta-feira (21), debate entre os candidatos Sílvio Mendes (PSDB) e Wilson Martins (PSB), que concorrem ao Governo do Estado neste segundo turno. O confronto é visto pelos dois candidatos como decisivo para conquistar votos e convencer os eleitores indecisos, sobre qual o melhor nome para comandar o Piauí pelo próximos quatro anos.

O debate que será mediado pelo jornalista e apresentador da TV Meio Norte, Silas Freire, terá início às 20:10 hs

Para o confronto do segundo turno, foram preparadas algumas novidades, como a participação de jornalistas e da população formulando perguntas diretamente aos dois candidatos. Participaram do confronto os jornalistas Arimatéa Carvalho, Ananias Ribeiro, Maia Veloso e Efrém Ribeiro.

Na opinião do governador Wilson Martins (PSB), o debate será a oportunidade de conquistar os eleitores indecisos. ?Segundo as pesquisas que têm sido realizadas, é pequeno o número de eleitores que ainda estão indecisos, mas estes possuem grande importância para o resultado final da disputa. Esperamos apresentar nosso projeto de Governo de forma clara para que sejamos compreendidos, para que assim possamos conquistar o eleitor?, comentou.

Apesar do acirramento da campanha nos últimos dias com críticas e acusações realizadas pelos dois candidatos, Wilson diz acreditar que o debate será uma troca de idéias realizado sem baixaria ou agressões.

?Esperamos que a discussão seja limpa, que os adversários não partam para as baixarias. Estamos dispostos a discutir propostas. É isso que o povo espera de um debate e nós também?, disse.

Segundo o tucano Sílvio Mendes, o debate direto com o governador Wilson Martins ajudará o eleitor a identificar ?a verdade? nas palavras de cada um dos candidatos. ?Na prática é um jogo da verdade para que as pessoas possam analisar e escolher o melhor para cuidar do que pertence a todos, cuidar do futuro de nossos filhos?, declarou. (L.B)





Fonte: Lídia Brito