Último dia da propaganda eleitoral é marcado por Direitos de Respostas concedidos pela Justiça à Wilson

Todas as decisões da Justiça eleitoral do Piauí foram motivadas por injúrias, calúnias e difamações que atingiram a honra do candidato.

O 13º Direito de Resposta à Wilson Martins acaba de ser concedido na manhã dessa sexta-feira (29). O candidato governista terá mais 1 minuto do programa tucano na TV hoje à noite, pelas calúnias e difamações veiculadas na propaganda de Sílvio Mendes, no mesmo horário, no último dia 20. A decisão do juiz Sandro Helano Soares Santiago lembra que críticas administrativas e políticas são permitidas, entretanto não se pode exceder os limites e partir para ofensas pessoais.

Com a decisão do magistrado, este será o décimo direito de resposta de Wilson Martins nos programas de TV da coligação de Sílvio Mendes, somente no segundo turno das eleições 2010. O governador também ganhou outros três no Rádio.

Todas as decisões da Justiça eleitoral do Piauí foram motivadas por injúrias, calúnias e difamações que atingiram a honra do candidato. ?Essa foi uma das campanhas com maior volume de Representações nas eleições ao Governo; não lembro de um candidato tenha sido tão atingido?, pontua o advogado Willian Guimarães ao afirmar que a justiça eleitoral do Piauí foi eficiente no julgamento do mérito das questões. No total, Wilson Martins teve 15 direitos de respostas concedidos pelos magistrados.

O coordenador jurídico da campanha de Wilson Martins lembra, ainda, que além das medidas que pedem a reparação da imagem através do Direito de Resposta há também ações criminais em trâmite na Justiça. ?São processos que vão correr em outras instâncias, por tratarem-se de crimes de outra natureza?, salienta.

Na noite de ontem, a Justiça do Piauí, através de decisão da juíza Haydée Castelo Branco, também puniu Sílvio Mendes com a perda de 1 minuto do programa eleitoral da TV na tarde de hoje. O tucano, portanto, perderá dois minutos no último dia de propaganda gratuita.

Fonte: Assessoria