Vaias assustam e Temer resiste em ir ao encerramento da Rio-2016

Ele avalia o desgaste desnecessário de uma manifestação.

As vaias na abertura das Olimpíadas no Rio de Janeiro deixaram o presidente em exercício, Michel Temer, com receio de participar do encerramento do megaevento esportivo. Mesmo com a quebra de protocolo, sem ter seu nome citado para evitar reação do público, Temer foi vaiado nos oitos segundos em que declarou a abertura dos jogos.

O principal motivo de resistência de Temer é a proximidade com a votação final do impeachment no Senado. As Olimpíadas encerram dia 21 e o julgamento está previsto para iniciar dia 25. Ele avalia o desgaste desnecessário de uma manifestação pública.

Ainda segundo o jornal, assessores que defendem a presença dele acreditam que a participação poderia estreitar laços com o governo japonês. É esperada a participação do primeiro-ministro Shinzo Abe.

Existe a expectativa do presidente em exercício visitar o Japão, em setembro, na volta da viagem à China, quando participa do G-20, caso o impeachment seja confirmado.

Michel Temer (Crédito: Reprodução)
Michel Temer (Crédito: Reprodução)


Fonte: Brasil Post