"Vamos derrotar jornais e revistas", disse Lula

"Vamos derrotar jornais e revistas", disse Lula

Lula se queixou do nível da imprensa durante comício

Em discurso bem humorado e, ao mesmo tempo, irritado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou a imprensa brasileira na cobertura das eleições, referindo-se às denúncias contra a campanha de Dilma Rousseff (PT), durante comício com a presidenciável e o candidato ao governo de São Paulo Aloizio Mercadante (PT) em Campinas. "Vamos derrotar jornais e revistas que se comportam como partidos políticos". Lula acrescentou: "jornais e revistas que têm candidato e não têm coragem de dizer que têm candidato".

O presidente ainda ironizou o nome da revista Veja. "Pra mim é óia. O nordestino diz óia", brincou.

Pouco antes dos ataques diretos aos jornais e revistas, Lula se queixou do nível da imprensa. "Tem dia que determinados setores da imprensa chegam a ser uma vergonha. Se o dono do jornal lesse seu jornal, se o dono da revista lesse sua revista, eles ficariam com vergonha do que eles estão escrevendo exatamente neste instante. E eles falam em democracia... Eles não suportam escrever que a economia brasileira vai crescer 7% este ano, não se conformam é que um metalúrgico vai criar mais emprego que presidentes elitistas que governaram este País".

Fonte: Terra, www.terra.com.br