Vereador de Florianópolis desabafa em Carnaval gay: "chupa, Feliciano"

Os parlamentares são conhecidos por suas posições conservadores quanto aos direitos dos gays

Vereador mais votado de Florianópolis nas últimas eleições, Tiago Silva (PDT) fez um desabafo contra a homofobia e puxou côro contra os deputados federais Marco Feliciano (PSC-SP) e Jair Bolsonaro (PP-RJ) diante de 60 mil foliões que acompanhavam o concurso Pop Gay na madrugada desta terça-feira (4) de Carnaval.

Ao ser chamado ao palco como um dos jurados e organizadores do concurso, Silva criticou a homofobia que, segundo ele, teria ?raízes? inclusive no cenário político. Diz ter orgulho de sua opção e elogiou a presença maciça do público que, segundo cálculos da Polícia Militar, passou dos 60 mil foliões. ?Olhem quanta gente, quantos gays, quantas lésbicas, quantas famílias. Nossa sociedade é assim. Chupa, Bolsonaro. Chupa, Feliciano. Isso é para vocês?, disse, para o delírio do público.

Os parlamentares são conhecidos por suas posições conservadores quanto aos direitos dos gays, entre outras. Pastor evangélico, Feliciano deixou a presidência da Comissão dos Direitos Humanos na Câmara no último mês. Militar, Bolsonaro tentou assumir o posto do colega, mas não obteve êxito.

Nascido em uma favela da capital, filho de uma doméstica, ?gay assumido? como ele mesmo afirma, o jovem vereador vem sendo um dos destaques na política local.

É um dos organizadores da Parada Gay de Florianópolis e, há pouco mais de um mês, criou polêmica nas redes sociais ao fazer uma ?homenagem? ao último capítulo da novela Amor à Vida. Tiago publicou uma foto dando um ?selinho? em um amigo. ?Foi uma brincadeira e gerou até matéria em jornal?, afirmou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br