Vereador Gilberto Paixão cobra diálogo do prefeito com servidores

O vereador resaltou a situação da saúde

O vereador Gilberto Paixão (PT) cobrou do prefeito Firmino Filho e secretários da equipe econômica do Palácio da Cidade abertura de diálogo com os servidores municipais, com uma apresentação de proposta de reajuste salarial e de melhoria das condições de trabalho.

"Os trabalhadores municipais estão no seu direito de reivindicar, de fazer greve e apresentar sugestão de reajuste salarial. Agora, o Palácio da Cidade também tem o direito de apresentar sua contraproposta, mas tem o dever de preservar os serviços oferecidos à população. Ou seja, quanto mais tempo demorar esta abertura de diálogo, mais a população sofrerá", disse.

De acordo com o parlamentar, os serviços oferecidos pelo governo municipal estão ameaçados pela paralisação dos servidores iniciada dia 4 deste mês, penalizando a população mais sofrida, em especial da periferia.

O vereador resaltou a situação da saúde, já precária, começa a piorar. Ele citou o HUT, onde as atividades administrativas estão parcialmente paralisadas, como o setor de marcação de consultas, onde os atendimentos diários caíram mais da metade.


No Centro Integrado Lineu Araújo e no Laboratório Raul Bacelar, a realização de exames está reduzida. Diversos trabalhadores das Unidades Básicas de Saúde, da Gerência de Vigilância Sanitária, GESVISAT, CAPs, SUAS, NASF, CREAs e CRAS também aderiram ao movimento.

Fonte: Jornal Meio Norte