Vereador que agrediu repórter tem mandato cassado

Imagens da agressão foram divulgadas no site de vídeos YouTube

A Câmara de Vereadores de Pontes e Lacerda (MT) cassou o mandato do vereador Lourivaldo Rodrigues de Moraes (DEM), conhecido como "Kirrarinha", por quebra de decoro parlamentar.

Em junho, ele agrediu uma repórter com um tapa no rosto durante uma entrevista. A agressão foi filmada e as imagens foram divulgadas no site de vídeos YouTube. O vídeo já teve mais de 192 mil acessos.

A decisão foi tomada na sexta-feira (24) por seis votos a favor, um contra e uma abstenção. Segundo o presidente da câmara, Claudinei Sella (PMN), não há mais possibilidade de recurso no órgão.

?O julgamento na câmara é político. Se nós formos coniventes, nós vamos estar dizendo que todo mundo pode bater na cara dos outros?, disse. Um novo vereador deverá ser empossado nos próximos 15 dias.

Nesta segunda (27), o G1 deixou recado no celular de Kirrarinha. Em entrevista em junho, ele se disse arrependido. "Eu perdi a cabeça, foi errado de minha parte. Eu pedi desculpas para ela [repórter], para a imprensa, para as mulheres e para a sociedade. Isso não é do meu feitio?, afirmou, à época.

Kirrarinha é candidato a deputado estadual e teve o registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), por ter tido rejeitadas suas contas da campanha de 2008. Segundo a assessoria de imprensa do tribunal, ele recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Fonte: g1, www.g1.com.br