Vereadores aprovam aumento de seus salários e causam polêmica

Com isso, cada político receberá um total de R$ 12,9 mil por mês.

Na última semana, a Câmara Municipal da Cidade de Porto Alegre aprovou algo um tanto quanto polêmico. Durante sessão, os vereadores aprovaram um aumento dos seus próprios salários. Com isso, cada político ganhará mais de R$ 1 mil a mais chegando a receber um total de R$ 12,9 mil por mês.

De acordo com o presidente da Câmara, o aumento é uma reposição da inflação de 9,28%. Já o seu salário subiu de R$ 14, 8 mil para R$16,2 mil. O aumento é retroativo ao dia 1º de maio, data base para a revisão dos salários dos servidores públicos municipais, e representa quase R$ 40 mil a mais por mês na folha do poder Legislativo.

O projeto não precisou passar por votação por se tratar de uma reposição inflacionária e, por isso, a aumento foi acertado pelos líderes partidários. A bancada do PSOL não aceitou o aumento.

"Nós achamos que é um absurdo, pela crise econômica que nós estamos vivendo, um tempo de desemprego, de parcelamento dos salários do funcionalismo do estado, da ameça dos nossos municipários", critica a vereadora do PSOL, Fernanda Melchiona.

Câmara Municipal de Porto Alegre (Crédito: Reprodução)
Câmara Municipal de Porto Alegre (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1