W.Dias afirma que obras de THE serão entregues até final deste ano

O governador visitou as obras na manhã desta segunda-feira

Image title

O governador Wellington Dias visitou, na manhã desta segunda-feira (29), duas grandes obras de mobilidade urbana que foram retomadas pelo Governo do Estado em Teresina: o elevado da avenida Miguel Rosa e o Rodoanel. Na oportunidade, Dias anunciou que o elevado será entregue em dezembro deste ano e o Rodoanel em um prazo de 360 dias.

O elevado da avenida Miguel Rosa, que terá 340 metros de extensão, está orçado em R$16 milhões e faz parte das intervenções realizadas pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DER) para reduzir os engarrafamentos. "É uma solução para o trânsito da região. Será construído o elevado, que é uma espécie de ponte, a rotatória, que vai ser melhorada, e o viaduto. Serão três vias nesse ponto e ela se casa com o projeto do alargamento da BR-316 e BR-343. O rodoanel faz a ligação de duas entradas da cidade”, explicou o governador.

Orçada em mais de R$ 97 milhões e com extensão de 28 quilômetros, a obrado Rodoanel prevê a construção de uma ponte, um viaduto ferroviário e dois viadutos sobre as interseções com as BRs 343 e 316. Segundo o chefe do executivo do Estado, para quem se desloca diariamente entre as zonas Sul e Leste da cidade, a via irá diminuir o tempo de deslocamento e a distância entre as zonas, já que serão 15 quilômetros a menos a serem percorridos e cerca de cinco mil veículos deixarão de circular na parte central da cidade, diminuindo congestionamentos e evitando acidentes.

Durante a visita, Wellington Dias revelou que está negociando com o governador do Maranhão a possibilidade de construção de uma nova ponte sobre o rio Parnaíba, que serviria para ligar o rodoanel de Teresina ao que está sendo feito em Timon.

Guilhermano Pires, secretário dos Transportes, destaca que o Rodoanel de Teresina é uma das maiores obras de mobilidade urbana já executada em nossa capital, dando agilidade e segurança ao trânsito.  “A conclusão do Rodoanel vai aumentar a qualidade de vida dos moradores da zona Sul e Leste, a via irá diminuir o tempo desse deslocamento e a distância entre as zonas, já que serão 15 quilômetros a menos a serem percorridos. E ainda haverá a redução do número de veículos pesados circulando no perímetro urbano da capital piauiense”, comenta.

Mais obras de infraestrutura

Ainda durante a visita às obras, o governador anunciou que está negociando os projetos de três obras prioritárias para o Piauí, junto ao Governo Federal, por meio do Programa Nacional de Investimento em Logística de Transportes. "A primeira é o Porto-Ferrovia, que é um conjunto de intervenções que terá R$130 milhões do Estado, R$ 270 milhões do Governo Federal e R$ 600 milhões da iniciativa privada. As outras duas obras são a Transcerrados e o novo aeroporto de Teresina, também com recursos dos três setores”, explicou Wellington Dias. 

Fonte: Ccom