W. Dias aprova projeto que institui sistema de bônus para policiais

Mensagem lida no Plenário foi motivo de comemoração

Após ser aprovado no Legislativo como indicativo de projeto de lei, tendo em vista a possibilidade de demandar despesas extras ao Estado, a proposição requerida pelo deputado Firmino Paulo (PSDB) que versa sobre o sistema de bônus pecuniário aos militares e civis, por intermédio da apreensão de armas, alçou ao status de projeto na manhã de ontem com a sinalização positiva do governador Wellington Dias (PT). Com a anuência do Executivo, a matéria passa a seguir os trâmites regimentais da Casa e, caso aprovada, será um instrumento imprescindível no fortalecimento do combate ao porte ilegal de armas.

A mensagem lida no Plenário foi motivo de comemoração entre os parlamentares das mais variadas si- glas, explicitando a preocupação do Governo com o combate e prevenção à violência, tendo em vista que esse é um dos problemas que mais tem preocupado a população piauiense.

“Conquanto o porte de arma de fogo sem autorização legal seja proibido e a conduta apenada com rigor pela legislação vigente, diversas pessoas, em especial aquelas que pretendem a prática de diversos outros tipos de crimes, adquirem de forma irregular armamento de diversas marcas, modelos e origens, consequentemente fazendo com que a sociedade piauiense, a cada dia, passe a conviver ainda mais com insegurança nas ruas”, ressaltou a mensagem encaminhada pela equipe governista.

COMO FUNCIONA – A bonificação aos policiais será incluída na folha de pagamento seguinte à data do protocolo, solicitado na unidade a qual o profissional possui vinculação. No texto do projeto ainda é descrita a destinação das armas recuperadas nas ações, no caso, o encaminhamento é direcionado à unidade de Polícia Judiciária correspondente à área de atuação, abrangendo também as punições aos entes que infringirem as recomendações da proposta, neste âmbito, estando suscetíveis a processos penais e disciplinares.

Fonte: Francy Teixeira