Wellington Dias acerta retomada das obras nas BRs 316 e 343

Wellington diz que ficou acertada a inclusão nas liberações

O governador Wellington Dias participou, de audiência com o ministro dos Transportes, Maurício Quintela, onde acertou a continuidade da nova etapa do alargamento das BRs 316 e 343, nas saídas de Teresina. “As obras serão retomadas em julho, com recursos do Governo do Estado. O Ministério do Transportes firmou compromisso de prosseguir o alargamento em direção aos municípios de Altos e Demerval Lobão”, afirmou Wellington.

Segundo o governador, o ministro Mauricio Quintela garantiu que vai prosseguir com a obra e autorizou a conclusão da BR 235, no trecho que liga os municípios de Monte Alegre, Gilbués em direção a Santa Filomena e também garantiu a viabilidade de uma fonte financeira para permitir a licitação da construção da ponte sobre o Rio Parnaíba, entre as cidades de Santa Filomena (PI) e Alto Parnaíba (MA).

“Trata-se de uma obra importante, pois não tem sentido fazer 130 quilômetros de asfalto, faltando apenas 14 km para conclusão e não darmos solução à ponte. Esse é o pensamento do ministro e com o apoio da bancada, que ficou de colocar as condições através de emendas para o projeto das BRs e com o compromisso do ministro fazer o empenho. Isso dá condições tanto para as obras do alargamento das saídas de Teresina quanto da BR em Caracol”, explica o governador.

Durante reunião, Wellington diz que ficou acertada a inclusão nas liberações do cronograma financeiro da retomada da estrada até a divisa da Bahia, passando por Caracol em direção a Guaribas e Bom Jesus. “São 40 milhões que estão disponíveis com a participação de recursos do Estado. Retomaremos essa obra importante para o Piauí”, afirma o governador.

Wellington diz que na oportunidade, tratou com a bancada federal a respeito do Porto de Luís Correia, que deve ser prioridade. “Discutimos do entendimento feito com o antigo Ministério dos Portos e que agora passa para o Ministério dos Transportes. Falamos também sobre as decisões e pagamentos de indenizações nas terras por onde passa a ferrovia Transnordestina”, assegura o governador, declarando que foi uma agenda proveitosa e com certeza vai garantir a continuidade e conclusão de obras importantes para o Piauí.

Fonte: Com informações do Portal do Governo