Wellington Dias diz que não é "melhor momento" para CPMF

Dias se posicionou contra o retorno da CPMF


Image title

Reunidos em Fortaleza (CE), na noite de ontem, a maioria dos governadores do Nordeste manifestou posição favorável à recriação da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras). 

O governador Wellington Dias, do PT, porém se posicionou contra o retorno da contribuição no momento de crise financeira que o país está passando.

"Não é que seu seja contra a recriação da CPMF, é que acho que não é o momento para sua recriação ou mesmo que se discuta isso agora. Acho que não é o momento favorável para que a CPMF seja reapresentada ou discutida.

Não há clima ou cenário econômico favorável para criação ou recriação de impostos", afirmou Wellington Dias, já em Fortaleza.

Cinco dos nove governadores do Nordeste já declararam apoio à proposta do governo federal para a recriação da CPMF. Declararam apoio à proposta Camilo Santana (PT-CE), Rui Costa (PT-BA), Ricardo Coutinho (PSB-PB), Robinson Faria (PSD-RN) e Flávio Dino (PC do B-MA).

Flávio Dino afirmou, em Fortaleza, que é favorável à recriação do imposto desde que acompanhada de uma cesta de contribuições alternativas, como a contribuição social sobre lucro líquido das instituições financeiras (CSLL) e a taxação de grandes fortunas, "para que a alíquota de CPMF seja inferior a 0,38%".

Fonte: Jornal Meio Norte