Wellington Dias entrega à Assembleia relatório de viagem aos EUA

O estabelecimento da ação converge para a garantia da transparência

O governador Wellington Dias (PT) se reuniu ontem com o presidente da Assembleia Legislativa no intuito de apresentar o relatório da viagem que realizou aos Estados Unidos, entre os dias 23 de julho e 4 de agosto.

O estabelecimento da ação converge para a garantia da transparência quanto a agenda cumprida no país norte- americano, demandando também os resultados alçados com a iniciativa, prospectando investimentos principalmente através de financiamentos junto ao Banco Mundial.

O relatório será apreciado pelos parlamentares da Casa angariando os encaminhamentos dispostos durante os encontros com empresários e representantes de entidades internacionais.

Tal direcionamento foi elogiado pelo presidente Themístocles Filho, que ensejou o caráter contributivo do Legislativo Estadual abstraindo pautas de interesse mútuo que congregam melhorias ao Piauí. “É importante que o governador venha à Assembleia para mostrar o que ele fez e quais conversas tiveram nos Estados Unidos.

Ao invés de apenas encaminhar o documento, ele preferiu vir pessoalmente mostrar e fazer um relato desta viagem aos Estados Unidos, mostrar temas como Parcerias Público-Privadas e outros temas de interesse do Estado”, afirmou.

Seguindo o diálogo, Dias demonstrou satisfação com os indicativos firmados nos Estados Unidos, destacando a preocupação na recuperação dos contratos já firmados e a consecução de novas parcerias que permitam o desenvolvimento sustentável do Estado.

“Falei sobre a agenda do governo que fiz com o Banco Mundial que permitiu as condições de entendimento pela aprovação de um projeto importante para o Piauí que são certa de 1 bilhão de reais, dois contratos para educação, saúde, segurança e para área de desenvolvimento agrário e regularização fundiária, ou seja: para infraestrutura”, detalhou.

AGENDA – Durante a visita à sede do Poder Legislativo, o governador ainda dialogou sobre o entendimento com a Câmara de Comércio Brasil-América, onde ficou formalizada uma agenda no Piauí no próximo dia 28 de agosto e outra missão em setembro, a ideia é atrair investimentos por intermédio da participação de entes do setor público e privado, principalmente no que diz respeito a nossas potencialidades.

Fonte: Francy Teixeira