Wellington Dias intercede por emenda do senador Mão Santa

O governador indicou duas emendas para implantação da Universidade Aberta

O Orçamento Geral da União para 2009 tem emendas no valor de R$ 680 milhões destinados a obras e projetos do Piauí, informou o secretário do Escritório de Representação do Piauí, Roberto John. Ele falou que as emendas contemplam obras de infra- estrutura, a construção do Porto de Luiz Correia, das estradas federais BR-020, BR-235 e BR-222 e do Aeroporto de Teresina e recursos para projeto de incentivo de empreendedores para jovens com capacitação para criação de negócios e empregos.


A capacitação dos jovens para o empreendedorismo vai receber R$ 40 milhões. O governador Wellington Dias (PT) indicou duas emen das, de R$ 60 milhões, cada, para a implantação da Universidade Aberta, de ensino à distância, com mistura de aulas presenciais, em todos os municípios do Piauí até 2010. “Os cursos no interior do Estado serão montados com laboratório, aulas presenciais e aulas virtuais. É uma estratégia para oferecer cursos superiores em todo o Piauí. Esses cursos vão se voltar para a vocação de ca- da território para não ficar formando gente sem uma a- ção de desenvolvimento”, falou Roberto John.


Ele falou que a construção das rodovias BR-020, BR- 235, que liga Bom Jesus, Caracol, Guaribas, Gilbués e Santa Filomena e divisa com a Bahia, e terá emendas de R$ 70 milhões, e a BR-222, vai ajudar a fechar a estrutura de transporte intermodal, com as ferrovias, hidrovias e Porto de Luiz Correia. As propostas de emendas e o Orçamento Geral da União para 2009 deverão ser vota- dos até o dia 22 de dezembro.


Roberto John afirma que o Porto de Luiz Correia tem R$ 17 milhões, uma emenda do senador Francisco de Assis de Moraes Souza, o Mão Santa (PMDB), que colocou no Orça- mento de 2009 mais R$ 30 milhões para a retomada da o- bra, abandonada há décadas. John disse que o gover- nador Wellington Dias pediu prioridade ao Governo Fede- ral para a liberação da e- menda de R$ 17 milhões do senador Mão Santa para o Porto de Luiz Correia e foi na semana passada falar com a ministra Dilma Rousseff, chefe de Gabinete da Presi- dência da República, levan- do a relação das prioridades do Piauí para a liberação de restos de recursos orçamen- tários de 2008, que deve ser feita até o final do ano.


“As prioridades são a construção do Porto de Luiz Correia, a Ponte Estaiada de Teresina, com R$ 17 milhões; a construção de uma nova ponte sobre o rio Poti, a li gando os bairros Pedra Mole e Mocambinho, que receberá R$ 9 milhões; e várias estra das como as entre Miguel Alves e Luzilândia, entre Paes Landim e Socorro do Piauí. O ministro da Justiça, Tarso Genro, liberou R$ 15 mi lhões para a construção de uma penitenciá

Fonte: Efrém Ribeiro, Jornal Meio Norte / meionorte.com