Wellington e governadores debatem sobre dívidas dos Estados

Os governadores se reunirão nesta tarde com o Presidente da Câmara

O governador Wellington Dias esteve reunido com demais chefes do executivo do Brasil para discutir o alongamento das dívidas dos Estados, para que os mesmos tenham condições de arcar com as despesas, mas também consigam realizar investimentos. O encontro foi realizado nesta terça-feira (22), em Brasília.

Durante a reunião, Wellington apresentou a importância da ampliação de investimentos nos estados. “Apresentei um documento que aponta que, nesse instante, independente das nossas responsabilidades com os ajustes, o compromisso para segurar despesas, especialmente de pessoal, de custeio, é necessário ampliar a capacidade de investimentos e contribuir para a retomada do crescimento do Brasil”, comenta.

Wellington e governadores debatem sobre dívidas dos Estados (Crédito: Reprodução)
Wellington e governadores debatem sobre dívidas dos Estados (Crédito: Reprodução)


Ainda de acordo com o Dias, hoje o projeto pactuado entre a União e os Estados para o alongamento das dívidas chegou ao Congresso Nacional. “Hoje, nós comemoramos a chegada desse projeto ao Congresso. O alongamento das dívidas abre um significativo espaço fiscal para alguns estados e as condições de contratações de créditos que, por exemplo, beneficiam o Piauí em contratos como esse do metrô de Teresina, bem como contratos relacionados às áreas de saúde, educação, dentre outras”, afirma o governador do Piauí.

O chefe do executivo estadual ressaltou ainda que a União também deve ampliar os investimentos no país. “Também tratamos sobre medidas que estamos tomando em cada um dos estados para ampliar investimentos, mas também tiramos um posicionamento sobre a importância de que a União também amplie sua capacidade de investimento. É pelo investimento público que a gente encoraja o setor privado a ampliar seu investimento. Gerar emprego nesse momento é uma necessidade do país e todos vamos trabalhar por isso”,disse Dias.

Os governadores se reunirão nesta tarde com o Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, para pedir agilidade no andamento do projeto.

Fonte: Ascom