Wilson autoriza a construção de ponte e estrada em Picos

Wilson autoriza a construção de ponte e estrada em Picos

O prazo máximo para a execução dos serviços é de 210 dias contados a partir desta quinta-feira

Durante a inauguração da Unidade Básica de Saúde Maria Viana Gonçalves, localizada no município de Picos, na manhã dessa quinta-feira (9), o governador Wilson Martins assinou a ordem de serviço de duas novas obras na região. Desta vez, o Governo do Estado dará início à construção de uma ponte de concreto armado sobre o Rio Guaribas, além da construção da estrada que liga Picos a Aroeira do Itaim (340 quilômetros da capital).

Segundo Luiz Rêgo Filho, proprietário da empresa que será responsável pela execução da obra, a ponte terá extensão de 101,74m, a qual será feita com recursos advindos do Governo, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDS). ?O prazo máximo para a execução dos serviços é de 210 dias contados a partir desta quinta-feira (9)?, afirma. Para a construção da ponte sobre o Rio Guaribas será investido um montante de R$ 6,5 milhões.

Já a ordem de serviço para a construção da estrada que liga Picos a Aroeira do Itaim deverá ser iniciada a partir do dia 1° de julho, sendo concluída em até 120 dias. ?Serão investidos R$ 8,5 milhões?, complementa Severo Eulálio, diretor do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Na oportunidade, estiveram presentes lideranças políticas locais, bem como parte da comitiva que acompanhou o governador durante a inauguração do aeródromo de Picos, bem como às visitas em obras na cidade.

Construção do mercado público de Picos

Além de assinar as duas ordens de serviço, durante a visita que fez ao terreno destinado à construção do mercado público da cidade, ainda na manhã dessa quinta-feira (9), Wilson Martins anunciou que o Governo contribuirá com parte dos recursos necessários para a execução da obra. ?Podemos investir pelo menos 1/3 do dinheiro, enquanto os demais recursos não são captados com a Prefeitura e demais lideranças. Nosso interesse é que as obras comecem o mais rápido possível?, ressalta o governador.

Fonte: Folha.com