Wilson debate reforma fiscal com ministro Guido Mantega

Segundo o governador, o ministro está reunindo governadores de todas as regiões

O governador Wilson Martins (PSB) participou na tarde de ontem, em Brasília, de uma reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, junto com os demais governadores da região Nordeste. Na ocasião, o ministro apresentou como pauta a reforma tributária, que tem como objetivo reduzir os conflitos e diferenças existentes entre os Estados.

Segundo o governador, o ministro está reunindo governadores de todas as regiões para uma discussão minuciosa da reforma, que a princípio está dividida em quatro etapas.

No primeiro ponto, a ideia é acabar com a guerra fiscal entre os Estados. Na segunda etapa, o governador afirma que foi tratada a questão das cobranças de impostos interestaduais. Também na pauta do Ministério da Fazenda, o ministro apresentou a questão do imposto de origem e imposto do destino. O ideal, segundo o governador, é que haja uma divisão igualitária entre o Estado produtor e o Estado consumidor. Por último, o ministro discutiu com os governadores do Nordeste, o comércio eletrônico no qual deve-se trabalhar um consenso entre os Estados. O governador informa que já existe protocolo no Conselho Nacional de Política Fazendária, que tem adesão de 21 Estados do Brasil. ?Acreditamos que haverá consenso da divisão igualitária dos tributos entre Estados produtores e consumidores?, diz. Com a reforma fiscal, a meta é diminuir as diferenças tributárias entre Estados, gerando uma melhor distribuição de renda.

PROJETOS - Após o encontro com o ministro Guido Mantega, o governador Wilson Martins, acompanhado do secretário Avelino Neiva, foi recebido pelo ministro das Cidades, Mario Negromonte, onde tratou de recursos para projetos incluídos no PAC Mobilidade.

Wilson Martins apresentou ao ministro a construção da nova linha do Metrô de Teresina ? a Linha Amarela, solicitou a construção de seis novas estações. Durante a reunião, Wilson também destacou a importância de ampliar, reformar e modernizar as estações já existentes e também apresentou a necessidade de aquisição de 5 novos trens para atender a demanda.

O governador falou ainda da reconstrução da linha já existente e destacou a expansão da linha do metrô até a zona Sul de Teresina, chegando ao Terminal Rodoviário Lucídio Portella, passando pelo Tancredo Neves e, nesse caso, essa obra também abrange uma ponte sobre o rio Poty.

Ainda na pauta do Ministério das Cidades, o governador solicitou recursos e parceria para construção do Rodoanel, cujo projeto já está elaborado. A concepção dessa obra segue o padrão classe ?A? estabelecido pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).



Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte