Wilson determina revitalização da microbacia em Gilbués

Wilson determina revitalização da microbacia em Gilbués

O governador visitou o Núcleo de Pesquisas de Combate à Desertificação (Nuperade).

O governador Wilson Martins assinou, durante visita ao município de Gilbués, na última sexta-feira, a ordem de serviço para a revitalização da microbacia do Riacho Sucuruiú, ameaçada por conta da degradação que atinge os solos da região.

O governador visitou o Núcleo de Pesquisas de Combate à Desertificação (Nuperade). Os investimentos são de R$ 2,9 milhões. O projeto de revitalização é resultado da parceria entre o Governo do Estado, através da Secretaria Estadual do Meio Ambiente - Semar (responsável pelo Nuperade) e o Governo Federal, por meio da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

“Quero aqui parabenizar à Semar e também à Codevasf por esse projeto que vai acabar com a história dos municípios serem engolidos pelo deserto”, declarou o governador. Durante a visita ao núcleo, houve uma apresentação detalhada do projeto de revitalização, idealizado pela Fundação Agente e pela Semar e que envolve um conjunto de ações. O Nuperade tem três áreas de atuação.

A primeira é dentro do próprio núcleo, a segunda é no riacho e a terceira é nas unidades de produções, onde existem plantações com aplicação de tecnologias próprias à tipologia das terras.

“Desde criança ouço dizer que essas cidades vão ser tomadas pelo deserto. E agora, vejo o Governo trabalhando junto com a população para mudar essa realidade”, disse o líder comunitário Ricardo Tavares. A região de Gilbués é considerada a principal área em degradação do Piauí. Na região, são relativamente poucas as informações técnicas sobre as características químicas do solo.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte