Wilson garante recursos solicitado pela Uespi no orçamento de 2014

Wilson garante recursos solicitado pela Uespi no orçamento de 2014

Pelo Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2014, o orçamento da Uespi deve ter incremento de 6,9%, chegando a R$ 182.965.250.

O governador Wilson Martins reuniu-se, nesta terça-feira (10), com representantes da Administração Superior da Universidade Estadual do Piauí para tratar do orçamento da instituição para o ano de 2014. Pelo Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2014, o orçamento da Uespi deve ter incremento de 6,9%, chegando a R$ 182.965.250. O valor corresponde integralmente ao que foi solicitado pela instituição ao Executivo.

?Estamos, ano a ano, fazendo esforços para garantir à Uespi condições de prestar um bom serviço. O crescimento do orçamento da Uespi, mais uma vez, está acima do aumento geral do nosso orçamento?, comentou o governador Wilson Martins. O percentual de aumento do orçamento para a Uespi está acima do incremento geral do orçamento do Estado proposto para 2014, que será de 5,7%. Entre 2009 e 2012, a variação positiva do orçamento executado da Uespi foi de 57%. O orçamento executado da instituição entre 2009 e 2010 cresceu 9,7%; de 2010 a 2011, 27,1%; de 2011 a 2012, 12,6%.

Do total de recursos previstos para a Uespi no ano de 2014 dentro do PLOA, R$ 164.028.280 são oriundos do Tesouro Estadual ? o que corresponde a um percentual de cerca de 90% do valor integral. O restante dos recursos é originário de recursos de convênios e arrecadação direta da instituição.

O Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2014 será encaminhado pelo Executivo, através da Secretaria Estadual do Planejamento (Seplan), até o fim de setembro à Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi).

?A Uespi já avançou muito, mas é preciso fazer mais. A Uespi já conta com um número maior de professores efetivos que temporários, algo até então inédito, sendo a maioria mestres ou doutores; temos investido em melhoria da infraestrutura, como no caso de Picos, onde em breve entregaremos um novo campus. Também contratamos 170 técnico-administrativos?, enumerou o governador.

Fonte: CCOM