Wilson Martins confirma atriz Bid Lima na Fundac

Bid Lima é atriz, formada em Educação Artística pela Universidade Federal do Piauí

O governador Wilson Martins confirmou, no início da tarde desta terça-feira (11), três novos nomes de seu secretariado: a atriz Bid Lima para a Fundação de Cultura do Piauí (Fundac); o jornalista Raimundo Filho para a Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (Fundação Cepro); e o ex-deputado federal Benedito de Sá Carvalho, o B. Sá (PSB), para a Superintendência de Representação do Piauí em Brasília (Surpi).

Bid Lima é atriz, formada em Educação Artística pela Universidade Federal do Piauí e uma das organizadoras do Festival Cultural da Rabeca (realizado desde 2008 no município de Bom Jesus e que em 2010 passou a ser itinerante). A nomeação de Bid conta com o apoio do Sindicato dos Artistas do Piauí e grupos culturais de todo o Estado. ?Inicio o trabalho à frente da Fundac na segunda-feira. Após verificar a real situação da Fundação, trabalharemos em um plano de metas para os próximos 180 dias, como solicitou o governador?, comentou após reunião com o chefe do Execuvito.



O futuro presidente da Fundação Cepro, Raimundo Filho, é jornalista e advogado, já foi editor-chefe do Jornal O Dia e atualmente trabalha nas áreas de Direito e Assessoria de Imprensa. A Cepro é uma instituição de caráter técnico-científico, que presta assessoramento ao Governo do Estado. É também responsável pela confecção de estudos de grande impacto para a sociedade, como o Índice de Preço ao Consumidor (IPC) e o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

B. Sá é médico e político experiente, já tendo exercido cargos de deputado federal e prefeito de Oeiras. À frente da Surpi, B. Sá exercerá função estratégica quanto à relação entre o Governo do Piauí e os diversos órgãos do poder público federal em Brasília, inclusive a Presidência da República.

Fonte: Assessoria