Wilson Martins: governo vai priorizar obras

Ele disse que quer sua equipe com a mão estendida na prestação de serviços ao povo do Piauí.

O governador Wilson Martins reuniu secretários de governo e auxiliares diretos, na manhã deste sábado, 10, no Palácio de Karnak,onde avisou que serão priorizadas obras em andamento e novas. Ele alertou a equipe para a necessidade da contenção de gastos, destacando que tem muitas despesas que podem ser reduzidas, incluindo aquelas com eventos, passagens aéreas, telefonia, combustível, locação de veículos e contratação temporária.

?Nosso primeiro compromisso é com o servidor público e com o projeto de desenvolvimento do Piauí para que nosso Estado se torne mais justo, melhorando a autoestima do povo?, enfatiza Wilson Martins, acrescentando que quer urgência para manter sua equipe de governo funcionando para atender aos anseios da população. Ele disse que quer sua equipe com a mão estendida na prestação de serviços ao povo do Piauí. Ele também alertou os gestores para a responsabilidade que cada um deve ter, sobretudo em um ano eleitoral.

Ele falou, ainda, do projeto Estado digital que está sendo trabalhado e vai ser feito por módulos, atendendo, primeiro, aos municípios com maior população. Ao ser indagado sobre como será a negociação com categorias que reivindicam melhorias salariais, ele disse que vai conversar com representantes das mesmas e que tem o desejo de aumentar o salário dos policiais civis, por exemplo, mas é preciso uma planilha, pois não pode aumentar salário prejudicando a folha de pagamento. ?Nossa administração atua com o pé no chão, sem medo de conversar com as categorias profissionais e com o povo. Já fui sindicalista e sei os anseios e angústias de cada categoria?, frisa o governador Wilson Martins.

O secretário estadual de Administração, Evaldo Ciríaco, classificou de fundamental e de primeira necessidade essa reunião com o governador Wilson Martins. ?Os novos gestores precisam estar atentos às novas regras. Outras reuniões acontecerão e servem para dar um norte à administração do Estado. Na Secretaria de Administração, por exemplo, haverá uma certa rigidez na folha de pagamento. Quem receber tem que trabalhar?, conta Ciríaco.

Já o comandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Francisco Prado, disse que a PM atua com uma preocupação com os termos da lei. Ele destacou que apresentou ao governador um relatório das obras que estão sendo feitas pela corporação e também relatou como anda a operacionalidade da PM em Teresina e no interior do Estado para reduzir a violência. ?Também estou aqui para ouvir orientações do governador Wilson Martins para a melhoria da segurança da população?, acrescenta Prado.

Já o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Francisco Barbosa, declarou que foi muito importante essa reunião com o chefe do executivo estadual. ?Nessa reunião apresentamos metas de trabalho. Para o Corpo de Bombeiros, por exemplo, a previsão é de interiorização para os municípios de Bom Jesus, Esperantina e Campo Maior. Já tem legislação básica sancionada para esse processo de interiorização da corporação?, conta Barbosa. O diretor do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Wellington Camarço, disse que a questão da fiscalização será reforçada, bem como a educação de trânsito. Ele informou que novas viaturas e equipamentos já foram adquiridos para este trabalho.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br