Wilson Martins recebe apoio de entidades femininas

Wilson Martins recebe apoio de entidades femininas

O grupo marchou em caminhada no centro de Teresina, para reafirmar a necessidade de políticas públicas voltadas às mulheres.

Cerca de 30 comunidades e 20 organizações feministas piauienses apresentaram ontem um conjunto de pedidos e propostas para o candidato à reeleição no segundo turno, o governador Wilson Martins (PSB). O grupo marchou em caminhada no centro de Teresina, para reafirmar a necessidade de políticas públicas voltadas às mulheres. De acordo com a deputada estadual Lilian Martins (PSB), que esteve no evento acompanhada de parlamentares como Rejane Dias (PT), Flora Izabel (PT), Iracema Portela (PP) e Graça Amorim (PTB), os pedidos poderão ser atendidos por Wilson com mais facilidade, já que a bancada governista elegeu o maior número de representantes na Assembleia Legislativa do Estado.

?Não estamos juntas, hoje, somente em apoio a Wilson e Dilma, mas por nós, mulheres. Wilson sabe que estamos com ele e que o pedido da sociedade vai ser ouvido pela bancada governista que elegeu?, frisou. Entre as propostas de Wilson para a classe feminina está a criação do Hospital Materno-Infantil, para atendimento de mulheres em suas mais distintas faixas etárias. "Wilson também avançará em obras que levarão a uma maior inclusão social e vamos lutar ao lado dele pela causa que sempre defendemos com ênfase, que é a atenção às pessoas com deficiência", argumentou Rejane.

O deputado estadual Fernando Monteiro (PTB) também reafirmou o apoio à Martins. Ele reuniu centenas de lideranças e simpatizantes na sede da Escola de Samba Ziriguidum, zona Norte de Teresina. ?Estamos aproveitando a oportunidade para agradecer essas lideranças e pedir a elas o engajamento na reeleição do governador Wilson Martins que, sem sombra de dúvida, é o mais preparado para trabalhar pelo desenvolvimento e pela condição de vida mais elevada da nossa gente?, afirmou.

Wilson disse ainda que, se eleito, irá investir no ensino profissionalizante. ?Vamos fortalecer o ensino técnico e tecnológico, como formação orientada para o trabalho e para atender às demandas produzidas pelo projeto de desenvolvimento do Estado?, garantiu. O socialista disse que pretende criar uma unidade de ensino técnico voltado para atender um dos setores característico da economia piauiense, que é o da pecuária, além de implantar unidades de pesquisa nas escolas técnicas de nível médio e agrícolas. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte