Zoghbi pede sua aposentadoria do Senado

A informação foi confirmada oficialmente pelo diretor-geral do Senado, Alexandre Gazineo

O ex-diretor de Recursos Humanos do Senado João Carlos Zoghbi pediu aposentadoria no início da noite desta quinta-feira para escapar da demissão. Ele é investigado por comissão de sindicância na Casa que apura a suspeita de que recebeu propina para beneficiar instituições bancárias em operações de empréstimos consignado para servidores.

A informação foi confirmada oficialmente pelo diretor-geral do Senado, Alexandre Gazineo. Segundo ele, o pedido de aposentadoria não interfere no andamento da sindicância que poderá resultar na demissão e, eventual perdas de direitos, de Zoghbi.

Em entrevista à revista "Época", Zoghbi admitiu ter usado o nome de sua ex-babá Maria Izabel Gomes para ocultar os filhos como verdadeiros donos da empresa Contact, que atuava como correspondente de bancos no bilionário mercado de empréstimo consignado no Senado.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br