Ponte que liga 2 cidades corre risco de desabamento

Ponte que liga 2 cidades corre risco de desabamento

A ponte sob o Rio Longá, que liga Esperantina e Batalha, pode desabar com as fortes chuvas

A ponte sob o Rio Longá, que liga as cidades de Esperantina e Batalha, na região Norte do Estado, pode desabar com as fortes chuvas deste inverno e provocar uma grande tragédia se não forem tomadas providências urgentes. O alerta é dos moradores dos dois municípios que estão muito preocupados com o problema da ponte que já vem de muitos anos sem que as autoridades encontrem uma solução para estrutura que está comprometida.

?Se as chuvas deste ano forem pesadas como as do inverno de 2009, as chances dessa ponte cair são muito grandes?, diz o jornalista Clenilton Gomes, também preocupado com a situação. Segundo moradores, pela ponte passam todos os dias caminhões pesados carregados de grãos de soja, milho e produtos químicos para lavoura com direção à cidade de São Bernardo, no Maranhão, a primeira após o Rio Parnaíba nas proximidades de Esperantina. As cargas pesadas podem ter uma relação direta com o desgaste da estrutura da ponte sobre o Rio Longá.

A ponte é antiga, com mais de 50 anos de construção e nunca for reformada ou feito qualquer tipo de reparo ou manutenção. De acordo ainda com informações de moradores, a situação da ponte já foi denunciada, mas ninguém até agora se comprometeu a resolver o problema.

O prefeito de Esperantina, Chico Antônio, temeroso com o estado de conservação da ponte, esteve no local acompanhado de um engenheiro, um topógrafo e do secretario de obras do município, Chagas Henrique. No local, eles colheram dados que serão encaminhados às autoridades.

Prefeito quer intervenção do DER na ponte

Os técnicos disseram que vão levar as fotos para o setor competente do Departamento Estadual de Estradas e Rodagem (DER) para que seja designado um especialista em estrutura de ponte (foto) para fazer a vistoria o mais rápido possível, enquanto as águas estão baixas. ?A situação da ponte é visível e precisa urgentemente passar por uma recuperação para que possamos evitar danos maiores com um inverno intenso?, disse Chico Antônio.

Na cidade, os técnicos, que são da ?Marinho da Projetos? também fizeram a primeira vistoria para construção do Anel Viário de Esperantina, que vai tirar o tráfego de carros pesados do Centro. A obra vai ligar as estradas que seguem para a cidade de São João do Arraial e Luzilândia, desobstruindo o centro da cidade que, muitas vezes, tem um tráfego intenso de carretas que passam rumo ao Estado do Maranhão na região produtora soja.

O prefeito Chico Antônio disse que a obra é muito importante. ?O nosso objetivo com esta obra é tirar do centro e dos bairros o grande tráfego de grandes veículos que danificam, racham as casas. E com a possibilidade da construção da BR-222, vamos interligar as vias com este anel viário?. A vistoria na ponte sobre o Rio Longá também faz parte do projeto.(R.G.)

Fonte: Raimundo Gomes