População cobra retorno da reforma do hospital do bairro Monte Castelo

População cobra retorno da reforma do hospital do bairro Monte Castelo

“A população está sofrendo e não tem para onde ir. Pequena ou não, essa unidade de saúde funcionava”, disse uma usuária

A população do Monte Castelo, insatisfeita com o andamento da reforma do hospital do bairro, cobra rapidez na conclusão da obra, iniciada antes da eleição municipal, em 2012. Após algumas paralisações, em janeiro de 2014, a reforma parou de vez.

A comunidade, que reclama por melhorias no hospital e, consequentemente, por melhorias no atendimento, quer ver o desfecho da obra, que se arrastava lentamente e agora parou por tempo indeterminado.

?A população está sofrendo e não tem para onde ir. Pequena ou não, essa unidade de saúde funcionava?, disse uma usuária.

?As autoridades falam muito na questão da Saúde, Segurança Pública, Educação, enquanto a realidade é totalmente outra. Nós estamos preocupados com isso porque nós precisamos desse hospital?, afirmou um trabalhador.

A discussão gira em torno da lentidão. O assunto foi para a Câmara Municipal. Por 17 votos a 12, os vereadores rejeitaram nesta quinta-feira, 06, o projeto da vereadora Graça Amorim(PTB), que convocava Audiência Pública para resolver urgentemente a questão da reforma paralisada.

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) prometeu dar reinício à reforma nos próximos meses. A justificativa do superintendente, Edson Melo, está ?nas várias modificações do projeto, o que impactou no valor da obra?.

Fonte: Denison Duarte