População insiste em queimadas no B-R-O-BRÓ

População insiste em queimadas no B-R-O-BRÓ

Queimadas acontecem todos os dias em várias partes da cidade.

Com temperaturas de quase 40°C e umidade relativa do ar muito baixa, focos de queimadas e incêndios se tornam bastante comuns. A Zona Sul continua liderando no número de ocorrências, que acontecem sobretudo em terrenos baldios, muitas vezes provocados pelos próprios moradores, mas que podem iniciar apenas pelas elevadas temperaturas.

Desde o início do ano, até o mês de agosto, o Corpo de Bombeiros atendeu um total de 924 chamadas em todo o Piauí, sendo em Teresina a Zona Sul a região campeã em pedidos. O problema acontece todos os anos, mas nada tem sido feito para evitar casos mais graves. Muitos deles criminosos, acabam trazendo uma série de consequências, tanto à população quanto ao meio ambiente. E provocado um trabalho intenso ao Corpo de Bombeiros nos meses de B-R-O-BRÓ.

Não é preciso muito para que isso aconteça. Basta uma bituca de cigarro para um incêndio começar. Ontem, em terreno localizado no Monte Castelo, o fogo começou aos poucos a se alastrar. De acordo com populares, não se sabe o que provocou, mas situações como essas são constantes na região.

Segundo o coronel Santos, comandante do Corpo de Bombeiros do Piauí, o número de chamadas para a corporação aumentou bastante se comparado com o mesmo período do ano passado. Somente no último domingo, pelo menos dez focos de incêndio foram notificados naquela região

Fonte: Virgínia Santos