Por melhores condições de trabalho, agentes Penitenciários iniciam greve

O Sinpoljuspi reivindica melhores condições de trabalho e contratação de mais agentes.

O Sindicato dos Agentes Penitenciários e Servidores Administrativos das Secretarias da Justiça e de Segurança Pública do Piauí (Sinpoljuspi) decidiu entrar em greve a partir desta quinta-feira (22) por tempo indeterminado.

O Sinpoljuspi reivindica melhores condições de trabalho e contratação de mais Agentes Penitenciários nas unidades prisionais.

Alguns serviços serão mantidos nos presídios, mesmo com a greve. A distribuição de alimentação para os presos; realização de chamadas, conferências de presos ainda continuam acontecendo. Assim como a distribuição de água para consumo interno pelos presos, o banho de sol, cumprimento de alvarás de soltura, cumprimento de mandados de prisão, atendimento médico de urgência e emergência.

As transferências internas de presos de celas e ou pavilhões, a realização de rondas periódicas em áreas internas de unidades prisionais, a distribuição de medicação, conferências de cadeados nos pavilhões e celas e retirada de presos de triagem e vistorias de rotina também serão mantidas.

Porém, muitos serviços param de funcionar, como deslocamentos de presos para audiências; atendimentos a advogados; visitas familiares e íntimas a presos; recebimentos de presos de Delegacias; transferências de presos entre Unidades Prisionais; atendimentos internos que não estejam relacionados à segurança e recebimento de gêneros alimentícios trazidos por pretensos visitantes.

Fonte: Portal Meio Norte