Por vaga, pais estão há 8 dias em fila de escola na capital

No Bairro Satélite, zona Leste da cidade, cerca de 50 pessoas estão na fila por uma vaga no Centro Municipal de Educação Infantil

Cerca de 50 pessoas estão na fila por uma vaga no Centro Municipal de Educação Infantil Mahatma Gandhi, no Bairro Satélite. Os moradores da região estão na fila desde o dia primeiro deste mês, para conseguir uma das 43 vagas que estão sendo ofertadas. As matrículas, no entanto, só iniciam amanhã (09).

Para garantir a vaga, pais, irmãos e demais parentes se revezam na fila, na calçada da escola, em dias de chuva e de sol. Eles afirmam que não podem sair do local, pois precisam da vaga. ?Valdenice Vieira dos Santos está na fila desde o primeiro dia de 2014 para garantir que seu filho de dois anos já comece a estudar este ano. ?Eu não vou sair até o dia da matrícula. Minha família traz minha comida todos os dias, para que eu não deixe a fila?, disse.

Já Leila Andressa da Silva afirma que está revezando com sua mãe na fila para conseguir uma vaga na Cemei para o seu irmão, que também vai entrar no colégio esse ano. ?O pior é o perigo de ficar aqui o dia inteiro e a noite. O vigia não permite que a gente entre no colégio nem quando chove. A diretora vem aqui, mas sempre diz que não pode fazer muita coisa, pois a ordem que deram a ela é que as matrículas só devem começar no dia 9?, relatou.

Os candidatos às vagas afirmam que nem em momentos de chuva saem da fila e durante a noite dormem no local.

Para eles, seriam necessárias mais vagas na Cemei e mais Centros de Educação Infantil no bairro. ?As pessoas vêm de todos os bairros da região para essa creche, por isso tem muita gente na fila?, reclamou Valdenice.

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) explicou, em nota, que ?a formação de filas para matrículas em unidades de ensino da Rede Municipal acontece pela preferência dos pais por determinadas escolas, porém, todas as crianças serão matriculadas, sem a necessidade de filas.

A distribuição de vagas é realizada de acordo com a demanda de cada comunidade, excedendo o número de matrículas, os gestores direcionam para as escolas mais próximas. A Semec destaca, ainda, que a Prefeitura de Teresina está construindo mais 12 Centros Municipais de Educação Infantil, acompanhando a expansão da cidade?.

Fonte: Pollyana Carvalho