THE: Possibilidade de chuvas é de 80% no fim de semana

A característica é que as chuvas sejam isoladas e passageiras resultados de alguns fatores climáticos.

Teresina registou nesta sexta-feira, dia 1 de novembro, sol forte durante todo o dia e intenso calor, motivo de reclamação para aqueles que precisaram se expor ao sol em atividades ao ar livre. A temperatura máxima registrada e a sensação térmica foi de 39ºC. O que chamou a atenção foi o índice de 20% para a umidade relativa do ar, número já considerado estado de alerta. Na última semana de outubro esse mesmo índice registrou umidade do ar de 15%.

Nessas condições, é preciso que as pessoas tenham atenção redobrada aos cuidados e que evitem fazer exercícios físicos e trabalho ao ar livre no período de 10h às 16h. Recomenda-se também que se evitem aglomerações em ambientes fechados e redobre os cuidados com hidratação fazendo uso, inclusive, de soro fisiológico em olhos e narinas para evitar o ressecamento.

A boa notícia é que a partir de domingo, dia 03 de novembro, até o a próxima quarta-feira, dia 06, Teresina terá probabilidade de 80% de chuva, de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). A melhora da qualidade do ar e da temperatura será bem visível, tendo em vista que probabilidade de chuva sai dos 20% dos últimos dias para os 80% de domingo, permanecendo em níveis aceitáveis até o final da próxima semana.

No domingo, a temperatura máxima registrada será de 36ºC com mínima de 24ºC. O céu estará nublado com muitas nuvens e curtos períodos de sol contando com pancadas de chuva e trovoadas. O alerta é que, seguindo o histórico de chuvas que ocorrem em intervalos de períodos de forte calor na capital, as tempestades podem ocorrem rapidamente seguidas de ventania. Dessa forma, evitar colocar o carro perto de árvores e circular no período da chuva evitando trechos de eventuais alagamentos é um cuidado a ser observado.

A característica é que as chuvas sejam isoladas e passageiras resultados de alguns fatores climáticos. A umidade que vem da da região amazônica pode contribuir, principalmente se cruzar com a faixa de umidade que vem do Oceano Atlântico, de acordo com dados Inpe. Outro fator que merece atenção atenção especial é o índice de irradiação solar, que detecta a exposição aos raios UV - prejudiciais à saúde.

Durante todos os dias dessa semana é importante que as pessoas redobrem os cuidados e evitem a exposição solar desprotegida, já que, em uma escala que mede o IUV e que vai de 2 a 12, Teresina registra nestes dias o valor 12, considerado índice extremo.

Fonte: Marcilany Rodrigues