Prefeito do município de Dirceu Arcoverde é cassado por compra de votos e abuso de poder

Os réus têm prazo de 3 dias para recorrer da decisão

O prefeito do município de Dirceu Arcoverde, Carlos Gomes de Olviera e o seu Vice, Marconis Ribeiro Galvão tiveram seus mandatos cassados pelo juiz Francisco Paulo Cysne de Novaes, da 95ª Zona Eleitoral,  por compra de votos e abuso de poder político.

Além da cassação o juiz aplicou uma multa de 5.000 UFIR`s, declarou inelegibilidade por um período de 8 anos subsequentes as eleições de 2012.

Na setença é determinado que haja uma nova eleição no município, considerando que o prefeito e o seu vice tiveram uma votação que atingiu 2.047 votos, ou seja, 53,24%.

Até a realização das novas eleições, o presidente da Câmara de Vereadores assumirá os destinos do município até a posse do novo prefeito eleito, segundo a Lei Orgânica Municipal de Dirceu Arcoverde.

A defesa dos réus têm um prazo de três dias para recorrer da decisão que será encaminhada para o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Piauí.


Fonte: Portal MN