Prefeitura de Teresina empossa novos dentistas

A FMS já encaminhou correspondências informando da nomeação e posse

O prefeito Firmino Filho, por meio da portaria 407/2016, encaminhada para publicação do Diário Oficial do Município, está convocando odontólogos aprovados no concurso de 2011 para atuarem na Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Fundação Hospitalar de Teresina (FHT). Os profissionais estão se apresentando e sendo nomeados para tomarem posse.

Os  novos profissionais devem comparecer à Secretaria de Recursos Humanos da Fundação Municipal de Saúde (FMS), na  Rua Governador Artur de Vasconcelos, nº 305, Bairro Aeroporto, para tratarem de suas nomeações. A FMS já encaminhou correspondências informando da nomeação e posse.

O setor de Recursos Humanos orienta que os convocados compareçam antecipadamente à FMS para se informarem sobre a documentação e exames a serem realizados para assumirem as vagas. Até o momento, 10 profissionais  já compareceram ao Setor de Recursos Humanos da FMS e três tomaram posse.

“O setor odontológico da capital conta com 246 equipes de saúde bucal. É a capital com o maior percentual de cobertura do Programa Saúde da Família. Aqui em Teresina temos dois Centros de Especialidades Odontológicas (CEO), temos dentistas nas Unidades Básicas de Saúde, todos bem avaliados pelo Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional  de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica. Pesquisas apontam que a população avalia bem os serviços prestados pelos dentistas da rede municipal de saúde e esses novos odontólogos  chegam para somar na  oferta dos serviços para a população.Já contamos com o serviço de próteses dentária e vamos ampliar esse serviço com a oferta também de ortodontia”, explica Francisco Pádua, presidente da Fundação Municipal de Saúde.

Essa convocação atende uma determinação do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí. Foi feito um estudo minucioso para uma otimização do quadro de odontólogos. “A Diretoria de Recursos Humanos, Gerência de Saúde Bucal e Diretoria de Ações Assistenciais da FMS fizeram um estudo para que essas nomeações acontecessem de forma responsável e planejada”, completa Francisco Pádua.

Fonte: Com informações da Assessoria