Prefeitura discute elaboração de um mapa da violência na cidade

Objetivo é conseguir indicativo da vulnerabilidade social

A Prefeitura de Teresina está discutindo ações para a elaboração de um diagnóstico participativo da violência em toda a cidade, especialmente na área de intervenção do Programa Lagoas do Norte, com foco na população juvenil. O objetivo é conseguir um indicativo da vulnerabilidade social da região para, a partir de então, traçar planos de combate à violência.

Image title

O coordenador do Grupo de Trabalho de Formação da Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Social, Samuel Silveira, avalia a importância da ação. “A Prefeitura de Teresina tem buscado mecanismos de combate à violência na capital. A segurança, claro, é o alicerce da sociedade e traçar um mapa da violência nos dá um direcionamento de como agir, buscando sempre o bem estar da população. O Mapa da Violência é insumo essencial para elaboração e avaliação dos planos e estratégias de enfrentamento à violência, possibilitando ponderar a situação e a evolução da mortalidade violenta nos diversos locais do Brasil”, declara.

O diagnóstico deve mapear os problemas e potencialidades da zona Norte, analisar os dados dos delitos existentes, pesquisa com jovens da região e apresentação das possíveis ações. “Com base nos dados coletados e na pesquisa com jovens, o diagnóstico deverá apresentar uma lista preliminar de possíveis ações, focadas sobretudo na população juvenil, que podem ser implementadas, fortalecidas ou expandidas para reduzir e prevenir a violência, em especial na região do Lagoas do Norte”, finaliza Samuel Silveira.

A ação é uma realização da Prefeitura de Teresina, através da parceria entre as secretarias municipais de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN), por meio do Programa Lagoas do Norte, e de Juventude (SEMJUV); e a Coordenação Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (CMPPM).

Fonte: Com informações da Prefeitura de Teresina