Prefeituras assinam termo para iniciar Minha Casa, Minha Vida etapa 2

O diretor geral da ADH ressalta que 3% das unidades habitacionais serão destinadas a idosos.

Nesta quarta-feira, os prefeitos de 25 cidades do Piauí estiveram reunidos com o diretor geral da ADH, Gilberto Medeiros e o representante do Banco Luso Brasileiro, Carlos Augusto Limeira Pinto para assinatura dos Termos de Acordo e Compromisso (TAC), que garantem a construção de 40 casas em cada um desses municípios através do Programa Minha Casa, Minha Vida 2/Sub 50.

Gilberto Medeiros revela que foram beneficiados pelo Minha Casa, Minha Vida II - programa voltado para cidades com até 50 mil habitantes, 217 municípios do Piauí. ?Serão 8.850 novas casas construídas no Estado, através do Sub 50, um investimento na ordem de R$ 250 milhões?. Ele acrescenta que entre os critérios adotados para seleção dos beneficiários foram: famílias residentes em áreas de risco, chefiadas por mulheres e ser portador de deficiência.

O diretor geral da ADH ressalta que 3% das unidades habitacionais serão destinadas a idosos e o imóvel será totalmente subsidiado pelo Governo Federal. Cada unidade habitacional custa de R$ 25 mil reais. O representante do Banco Luso Brasileiro disse que o Piauí era um dos primeiros estados a concluir esse processo. ?Queremos reforçar nosso empenho, bem como da ADH na construção dessas casas o mais rápido possível?, disse Carlos Augusto.

Fonte: adh.pi.gov.br