Presidente do Grupo Abril e criador da revista Veja, Roberto Civita morre aos 76 anos em SP

Presidente do Grupo Abril e criador da revista Veja, Roberto Civita morre aos 76 anos em SP

O presidente do Grupo Abril apresentava complicações de saúde havia mais de 70 dias ,

Roberto Civita , 76 anos, morreu neste domingo (26). Ele estava internado em estado gravíssimo no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

O presidente do Grupo Abril apresentava complicações de saúde havia mais de 70 dias , desde que foi operado para a colocação de um stent abdominal ? recurso usado para o tratamento de aneurisma na artéria aorta.

Na ocasião da cirurgia, Civita já teria chegado ao centro cirúrgico em estado frágil. Desde então, a saúde do empresário, dono da maior editora de revistas do País, se deteriorou. Os médicos tentaram reverter uma infecção com mais de 10 tipos de antibióticos diferentes, mas nenhum medicamento surtiu efeito esperado. Por conta disso, o quadro clínico de Civita piorou, a circulação teria sido afetada e os rins teriam parado de funcionar plenamente.

Ele estava afastado da empresa por razões médicas e Giancarlo Civita , filho do empresário, havia assumido interinamente a presidência do Grupo.

Grupo Abril

Roberto Civita foi presidente do conselho de administração e diretor editorial do Grupo Abril, uma das maiores empresas de comunicação e educação da América Latina, com mais de 9,5 mil funcionários. Em março deste ano, Civita foi considerado o 258º homem mais rico do mundo com uma fortuna de US$ 4,9 bilhões, segundo a revista Forbes.

Fundada por seu pai, o empresário Victor Civita (1907-1990), num escritório do centro de São Paulo, em 1950, a companhia teve como primeiro negócio a publicação de ?O Pato Donald?. Nos anos 1960, a empresa cresceu ao investir na venda de fascículos de obras de referência.

Atualmente, o grupo tem atuação em áreas que vão das mídias digitais em elevadores ao treinamento para concursos públicos. A Abrilpar, holding da família Civita, controla os principais negócios: a Abril S.A., da qual faz parte a Editora Abril, que publica 52 revistas e teve receita de R$ 2,98 bilhões em 2012, e a Abril Educação, que tem ações negociadas na BM&F Bovespa desde 2011 e teve receita superior a R$ 883 milhões no ano passado. Entre as empresas controladas pelo grupo estão a MTV, a Elemídia, a editora Ática, o Sistema Anglo de Ensino, a Casa Cor e importantes parques gráficos.

O negócio de maior visibilidade da família Civita é o de publicações. Entre os títulos mais conhecidos estão as revistas Veja (criada por Roberto), Exame e Cláudia. De acordo com informações divulgadas pelo grupo, essas publicações vendem por ano em torno de 200 milhões de exemplares. São 4,2 milhões de assinaturas e quase 30 milhões de leitores. O grupo mantém ainda a Fundação Victor Civita, organização sem fins lucrativos que atua por melhorias na área da educação.

Fonte: IG