Presidente Lula lamenta a morte da mãe de Chico Buarque

Maria Amélia Buarque de Hollanda morreu na quarta (5), aos 100 anos

Em nota divulgada na tarde desta quinta-feira (6), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou a morte de Maria Amélia Buarque de Hollanda, de 100 anos, mãe do cantor e compositor Chico Buarque. Ela morreu na noite de quarta (5), enquanto dormia.

Lula afirmou que foi "doloroso" saber da morte de Maria Amélia e que sempre sentiu orgulho de tê-la como amiga.

?Maria Amélia era uma pessoa que aliava ternura a firmeza, inteligência e preocupações sociais. Mesmo sendo filha de família tradicional, durante toda a vida lutou e apoiou as lutas pela liberdade e por uma sociedade mais igualitária. Juntamente com seu companheiro, o consagrado intelectual Sérgio Buarque de Holanda, foi uma das fundadoras do PT?, escreveu o presidente.

No comunicado, Lula afirmou ainda que Memélia, como era conhecida, ?foi um modelo de integridade e de vida?.

O presidente lembrou também a festa de 100 anos dela, quando a encontrou "como sempre, lúcida e demonstrando estar ligada às questões que afetam nosso país e nosso povo". O arquiteto Oscar Niemeyer, amigo da família, também esteve presente na festa. Internado desde o último dia 25, o amigo da família e artquiteto Oscar Niemeyer, comentou a morte da amiga. "Acompanho com imensa tristeza a dor do meu amigo Chico Buarque e família", disse ele.

13 netos, 7 filhos e 12 bisnetos

Mulher de Sérgio Buarque de Hollanda, intelectual de renome e um dos fundadores do PT, Memélia deixa os filhos Miúcha, Sérgio, Álvaro, Chico, Maria do Carmo, Ana e Cristina. O apelido veio por causa da neta Bebel Gilberto, filha dos cantores João Gilberto e Miúcha.

Ao todo, ela deixa 13 netos, 7 filhos, 12 bisnetos, inclusive a caçula Leila, filha da neta Helena com o cantor Carlinhos Brown.

Jogo de futebol cancelado

O jogo de futebol que acontece no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, tradicionalmente às segundas, quintas e sábados, com o time organizado pelo cantor Chico Buarque foi cancelado nesta quinta-feira (6) em respeito à morte de Maria Amélia.

Fonte: g1, www.g1.com.br