'Primeiro-ministro fez sexo com um porco morto', revela biografia

O governo britânico não se pronunciou sobre o caso.

O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, passou por uma saia justa ao ter uma biografia não autorizada sobre a sua vida publicada em todo o mundo. No seu conteúdo está escrito que o político teria colocado suas partes íntimas dentro da boca de um porco morto em um ritual de iniciação quando estava na faculdade de Oxford.

Após a publicação do livro Call me Dave o governo britânico se pronunciou, mas não falou sobre o assunto. De acordo com o porta-voz do primeiro-ministro, eles não irão dignificar o livro fazendo comentários sobre ele. “Ele quer apenas continuar o seu trabalho de dirigir o país”, declarou.

Na obra, os autores chegaram a declarar que a cabeça do animal estava no colo de um dos membros quando David realizou a ação. O livro que foi escrito pelo político Lord Ashcroft junto com a jornalista Isabel Oakeshott só fez aumentar a rivalidade entre os dois que nasceu depois que Lord não foi indicado como ministro pelo premiê, apesar de tê-lo ajudado a vencer as duas eleições.

Um amigo do político saiu em sua defesa e disse que a alegação é falsa. “Isso é uma porcaria total, é um absurdo, ele não foi membro disso”, falou.

Image title


Fonte: Com informações do R7